Para começar o dia com o pé direito, pra você, depende do quê? De quem?

Compartilhar:

Publicado em: 29/06/2018 17:46

Para começar o dia com o pé direito, pra você, depende do quê? De quem?

Depende de um café gostoso, de um caminho sem trânsito para o trabalho, de sua família e companheiros estarem de bom humor, do seu chefe e colegas estarem alegres, de nenhum fator estressante lhe acontecer?

O dia só começa com o pé direito quando VOCÊ se propõe a ter um dia feliz e produtivo, apesar de todos os problemas e percalços que certamente lhe atingirão.

A preparação mental é a ferramenta principal para se encontrar o equilíbrio na vida. Ela se inicia ao acordar, antes de “pular” da cama e só termina antes de dormir. Aliás, o ideal é sair tranquilamente da cama e não de sobressalto. Eventualmente, todos estamos à mercê de fatores que possam nos levar a perder a hora, a dormir demais. Mas isto, é eventualmente, e sempre digo aos meus clientes: “tem que ser por algum motivo que valha muito a pena”.

O seu equilíbrio depende de você e apenas de você. Se fatores externos ocorrerem, como por exemplo (e eu adoro dar este exemplo) alguém cruzar meu caminho e colidir com meu carro, eu tenho a opção, a escolha entre me estressar ao ponto de estragar o meu dia, ou calmamente pensar nas soluções práticas para as situações inusitadas, inesperadas que sempre podem acontecer.

Esta preparação vai do entendimento de que não podemos controlar os fatores externos. O controle está em nossas próprias reações, comportamentos, sentimentos e pensamentos.

Se alimentarmos estes 4 fatores de maneira negativa, a reação em cadeia será absurdamente negativa. Outras pessoas serão afetadas e o que era para ser simples, torna-se um martírio.

Já, se alimentarmos estes mesmos 4 fatores de maneira positiva, com vigília e dedicação, a nossa influência sobre as outras pessoas passa a ser a melhor possível, a nossa inteligência emocional é ativada, o raciocínio fica mais ágil, claro e, certamente, você sairá de situações tensas mais fortalecido e motivado.

Colocar nos outros ou nas coisas a razão para a sua felicidade ou infelicidade é o mesmo que dizer “tome, toque a minha vida por mim porque eu não sou capaz de fazê-lo sozinho”.

O foco é você, e sempre você. Cuidar dos filhos, por exemplo, é essencial, mas tratá-los com desrespeito e impaciência não os fará adultos melhores. Isso, apenas, dará a eles o norte a seguir. O exemplo de que a vida é um saco e todo mundo prefere ficar bravo a ficar feliz.

Cuide-se e dê o exemplo que eles precisam ter, de que na vida há situações que não gostaríamos que acontecessem, mas acontecem, e que você tem o controle sobre como estes momentos te tornarão amargo ou doce.

Conquistar o equilíbrio é um caminho de dedicação. Não existe ainda uma pílula mágica que te transforme do dia para a noite, e é bem provável que nunca exista. Esta mudança, depende do seu empenho em buscar o seu próprio alinhamento entre corpo, mente e emoção. Depende do seu movimento. O primeiro passo. O próximo passo, e assim por diante.

Busque conhecimento, busque quem te leve para cima, quem possa te ajudar a trilhar um caminho de equilíbrio, felicidade e realização.

Um beijo no coração e conte sempre conosco.

AVANTE!!!



IMPERATIVA COACHING